Psicoterapia

“O principal objetivo da Terapia Psicológica não é transportar o paciente para um impossível estado de felicidade, mas sim ajudá-lo a adquirir firmeza e paciência diante do sofrimento. A vida acontece no equilíbrio entre a alegria e a dor. Quem não se arrisca para além da realidade jamais encontrará a verdade” (C. G. Jung)

 

Fazer Psicoterapia é muito mais do que falar com alguém sobre problemas, dificuldades ou pedir conselhos. É um processo de vínculo humano, entre Psicologo e o indivíduo, com a finalidade de tratar suas questões pessoais, auxiliando-o a compreender e mudar os padrões de relacionamento interpessoal; levando-o a um maior autoconhecimento e dando-lhe a oportunidade de aprender a comportar-se, a sentir e a pensar diferente, de forma a desenvolver uma maneira mais produtiva e feliz de estar na vida.

Algumas pessoas acham que o Psicologo tem algum “poder paranormal” para entrar na mente do outro. Mas não! Com o nosso olhar sutil, entramos na mente e pedimos permissão para entrar na alma do outro. Daí, sem julgamento, sem críticas, com paciência e ouvindo, mostramos a chave para acender a luz. Não carregamos ninguém nas costas, mas damos a mão para o outro se apoiar, até que ele consiga caminhar sozinho.

Durante a Psicoterapia serão abordadas questões emocionais, comportamentais, psicológicas e cognitivas do indivíduo. Esse “método de tratamento” tem como objetivo final, ajuda-lo a assumir o controle de sua vida e a responder a situações desafiadoras de forma ajustada. É um valioso recurso para lidar com as dificuldades da existência em todas as formas que o sofrimento humano pode assumir.

A Psicoterapia trata diversos problemas psicológicos., entre os mais comuns: depressão, ansiedade, dificuldades de relacionamento com as outras pessoas, fobias, transtornos, traumas e medos. É uma forma muito eficaz para a resolução de problemas psicológicos, mesmo daqueles que já existem há muitos anos.

A sessão varia entre 50 min e 1h, não existindo um tempo pré-determinado para o término do tratamento, pois cada indivíduo corresponde à sua maneira e no seu tempo. Dá mesma forma, não existe uma periodicidade correta nas sessões agendadas. O ideal seriam sessões semanais para se obter um melhor resultado, porém, as sessões podem também ser quinzenais, mensais ou ambulatoriais (uma única sessão “emergencial”).

Resolver um problema, é mais do que encontrar a solução. É necessário entender o processo, reconhecer os sinais e olhar para além do que você vê. Você precisa apenas se permitir a dar o primeiro passo, mas, se não conseguir fazer isso sozinho (a), eu posso te ajudar.

Se permita a dar esse passo e agende uma sessão.

 

* Sinta-se a vontade para compartilhar as informações desse site, porém, peço que dê os devidos créditos. Gratidão!
Anúncios